Professoras do Japão visitam escolas bilíngues da rede estadual
09/08/2023 11:37 em Brasil - Internacional

Educadoras estiveram nas duas unidades de ensino que oferecem a língua japonesa como segundo idioma

 

Nesta terça-feira (08/08), as Escolas Estaduais de Tempo Integral (EETIs) Prof°. Djalma da Cunha Batista e Profª Jacimar da Silva Gama, da Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar, receberam a visita das professoras japonesas Akira Ikeguchi, de Linguística Aplicada, e Yukari Hashimoto, de Geografia, da Universidade Nacional de Yokohama, no Japão.

 

As professoras participaram de reuniões com a gestão das duas escolas da rede estadual de ensino do Amazonas que oferecem a língua japonesa como segundo idioma. Na ocasião, os visitantes puderam conhecer de perto a estrutura das EETIs, como biblioteca, salas de aula, laboratório de robótica - Espaço Maker, além dos trabalhos produzidos pelos estudantes nas disciplinas de japonês. Ao final, as professoras receberam um livro e uma camiseta da escola.

 

O gestor da escola Djalma Batista, Luís Centurião, falou sobre a importância das professoras que atuam no Japão estarem conhecendo de perto a metodologia de ensino bilíngue, a estrutura da escola e trazerem para perto dos alunos pessoas da cultura que eles aprendem todos os dias.

 

“Elas vieram conhecer as dependências, o ensino e o método, a educação de qualidade que nós desenvolvemos em nossa escola, então foi uma tarde muito produtiva. É uma troca de experiências. Os alunos podem conhecer essas pessoas, que vivem do outro lado do mundo, próximas deles”, explicou o gestor.

 

As duas escolas possuem o ensino bilíngue Português-Japonês, sendo a EETI Djalma Batista a primeira a oferecer esse tipo de estrutura no Brasil, com turmas do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental, e a EETI Jacimar Gama, com as turmas da 1ª à 3ª série do Ensino Médio.

 

Além das escolas, as professoras também visitaram o curso de Letras — Língua e Literatura Japonesa, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

 

 

Experiências

A professora e coordenadora do ensino bilíngue, Erika Tomioka, afirmou que a visita só reforça o bom trabalho que vem sendo realizado nas escolas, e serve como um incentivo para todos os profissionais dedicados a lecionar o ensino bilíngue.

 

“Estamos colhendo os frutos dos resultados da escola. Elas estarem aqui serve como um incentivo aos professores de Língua Japonesa, porque é o resultado desse trabalho que vem sendo realizado desde 2016. E isso faz com que o nosso trabalho seja divulgado em todo o Brasil e também no Japão”, explicou a coordenadora.

 

Quem também esteve presente foi a professora do curso de japonês da Ufam, Ruchia Uchigasaki. Ela atuou como tradutora e intérprete entre as professoras e os profissionais da escola.

 

A professora PhD em Linguística Aplicada, da área de Educação de Língua Japonesa, Yukari Hashimoto, afirmou que ficou feliz em ver os alunos estudando a Língua Japonesa, e destacou o comprometimento, empolgação e participação dos estudantes.

 

“Os alunos e os professores são muito ativos. Os alunos são muito participativos e animados, fico feliz por eles estarem estudando Língua Japonesa aqui em Manaus, e por conhecer todos eles. A escola é muito famosa e quando visitei a Ufam, os professores explicaram sobre a escola Djalma e me interessei em conhecer”, contou a professora visitante.

 

FOTOS: Eduardo Cavalcante/ Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!