Patrulhamento Rural: projeto da PMAM leva segurança e ações sociais a comunidades da zona rural de Manaus
06/06/2022 12:06 em Segurança

Pela primeira vez, comunidades rurais no entorno da capital terão policiamento próprio

 

Com o objetivo de ofertar mais segurança às comunidades rurais de Manaus, a Polícia Militar do Amazonas (PMAM) implantou o projeto Patrulhamento Rural, que atua em comunidades e ramais da capital, levando segurança e aproximando a população da polícia. Idealizado pelo governador Wilson Lima, o programa já apresenta resultados e foi bem aceito pelas comunidades, com apenas 40 dias de atuação.

 

De acordo com o coronel Luiz Navarro, comandante do Comando de Policiamento Ambiental (CPAmb) e coordenador do projeto Patrulhamento Rural, a implantação de equipes da polícia em áreas rurais surge de uma demanda da população, acatada pelo governador.

 

“Houve a necessidade de uma atenção específica, um patrulhamento exclusivo para essas comunidades rurais, nas estradas AM-010, na AM-070 e BR-174. Neste policiamento comunitário rural, eles trabalham diretamente com a comunidade, fazendo reuniões, escutando a comunidade, e também levando as necessidades da comunidade para outras questões de infraestrutura, trazendo as necessidades para o Governo, realmente o que está acontecendo naquela comunidade”, afirmou o coronel.

 

O Grupamento de Patrulhamento Rural foi criado no dia 15 de março de 2022, com a missão de reforçar o policiamento na zona rural, com foco nas rodovias. Atualmente, o projeto é composto por um efetivo de 38 policiais militares prontos, divididos em quatro equipes. Além de ofertar segurança, o grupamento também dá apoio na área social e ambiental às populações.

 

“Qual é a missão, além de segurança e de patrulhamento? É que as nossas viaturas e os oficiais que coordenam esse patrulhamento façam reuniões comunitárias semanalmente, fazendo inclusive dados estatísticos, trazendo melhorias e com trabalhos nas escolas. Temos o nosso programa Vitória Régia, que é de educação ambiental e que estamos adaptando ao policiamento rural, que é um policiamento novo. Nós abraçamos essa causa”, relatou o comandante.

 

 

Com apenas 40 dias de atuação, o Grupamento de Patrulhamento Rural já recebe o reconhecimento dos comunitários, como o aposentado Francisco Vieira, de 62 anos, morador do ramal da Cachoeira do Leão, na rodovia AM-070.

 

“É muito bom, a gente muito confortável, com segurança, a gente se sente mais à vontade, as famílias todas com segurança, graças a Deus, e a gente está agora com mais coragem. Está bom demais, está bem seguro”, relatou o morador.

 

Atualmente, na rodovia AM-070, o Grupamento de Patrulhamento Rural atende a 15 comunidades, atuando também em três escolas. Na rodovia AM-010, duas comunidades rurais são atendidas pelo patrulhamento, e na BR-174 são quatro ramais e comunidades que atualmente recebem atenção da patrulha.

 

De acordo com o coronel Navarro, o projeto pretende ampliar para comunidades ribeirinhas, com a presença de lanchas que deverão se deslocar às comunidades na margem do Rio Tarumã para atender às comunidades rurais do entorno.

 

FOTOS: Tácio Melo/Secom

*Redação: blogjrnews.com

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!